Música melhora performance sexual, diz pesquisa

O Deezer, serviço global de streaming de música, fez uma pesquisa com seus próprios usuários para descobrir o quanto a música influencia na hora do sexo. Aqui no Brasil o estudo contou com a participação de duas mil pessoas.

O resultado apontou algumas informações interessantes, como por exemplo, 90% dos participantes acreditam que a música melhora a performance sexual e para 92% música durante o sexo melhora toda experiência o momento. 

Para 40% dos entrevistados música faz o sexo durar mais, 30% afirmam ficar mais excitados e 27% dizem que faz o sexo ficar melhor. Ainda, 63% acham que música é obrigatória na hora do sexo e 37% afirmam ter uma música especial para entrar no clima.

Os três gêneros mais escolhidos pelos participantes para a hora de transar são Pop (35%), Rock (23%) e Sertanejo (21%). Há controvérsias sobre este último, pois também aparece como o terceiro gênero menos escolhido para o sexo, com 25%.

Rihanna, Beyoncé e Bruno Mars estão, respectivamente, na lista das vozes mais atraentes para escutar durante o sexo. Já Mc Bin Laden, Justin Bieber e Mc Livinho aparecem como as vozes mais rejeitadas para esquentar as coisas na cama.

Pesquisa Deezer – Vozes mais atraentes para escutar durante o sexo:

  1. Rihanna (25%)

  2. Beyoncé (22%)

  3. Bruno Mars (18%)

  4. Lionel Richie (17%)

  5. Jorge & Mateus (14%)

  6. Anitta (13%)

  7. Amy Winehouse (13%)

  8. Stevie Wonder (12%)

  9. Justin Timberlake (12%)

  10. Marvin Gaye (12%)

Quando o assunto é relacionamento sério, 61% dos participantes da pesquisa afirmaram que gosto musical do parceiro pode influenciar positiva ou negativamente a relação.

E você? O que acha?

Deixe uma resposta