Entrevista: Kel Boaretto e Mylene Tubero – Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo

Devoradora de best sellers sobre carreira profissional, a joinvilense Kel Boaretto – que é especialista em empreendedorismo criativo e CEO da Sabedorama, empresa fundada em 2016 que presta treinamentos corporativos e cursos para empreendedores, além de workshops sobre criatividade e inovação – está pronta para viver um novo “capítulo” de sua carreira.

Ela – que já compartilhou com seus mais de 3 mil seguidores no Instagram títulos consagrados como O Milagre da Manhã – O Segredo Para Transformar Sua Vida (Antes das 8 horas), de Hal Elrod; Quem Pensa Enriquece, de Napoleon Hill; e A Menina do Vale 2, de Bel Pesce – está preparada para trocar o papel de leitora pelo de autora: seu primeiro livro, o Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo, está com lançamento previsto para o primeiro semestre deste ano.

Criado com o propósito de encorajar a todos, principalmente as mulheres, a trilharem uma jornada de inovação, criatividade e empreendedorismo, o livro interativo – que virá em formato pocket acompanhada de uma caixinha com um baralho que, ao invés de números, símbolos e naipes, possui frases inspiradores para estimular os leitores – reunirá experiências, histórias e dicas de ouro de Kel Boaretto e outras 20 empreendedoras de sucesso que foram convidadas para colaborar com o conteúdo da obra.

Para saber mais detalhes sobre o livro Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo, o blog Calcinha Rosa-Choque foi conversar com Kel Boaretto. O resultado você confere na entrevista abaixo.

Calcinha Rosa-Choque – Como surgiu a ideia de criar um livro interativo e colaborativo sobre empreendedorismo?

Kel Boaretto: O livro é de fato a consolidação de um sonho e o resultado de anos de muita pesquisa, visto que sou mestranda em Design. Com ele através do endosso da Sabedorama e da força da coletividade poderemos democratizar conhecimentos na área, através de dados embasados e vivências, e assim servir como fonte de inspiração para outras mulheres! Certa de que quando todos esses conceitos se manifestam na realização de um único projeto, os resultados tendem a se potencializar de forma ainda mais expressiva. Por isso, tenho orgulho em dizer que, em breve estará disponível uma obra que facilitará a desafiadora jornada empreendedora, a fim de que mais mulheres tenham a possibilidade de com criatividade e sabedoria tirar seus sonhos do papel e/ou voar mais alto com seus negócios!

Calcinha Rosa-Choque – Por que o título “Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo”?

Kel Boaretto: O título do livro mostra a importância de estarmos em constante movimento, visto que vivemos em mundo VUCA – volátil, incerto, complexo e ambíguo. Sendo assim, Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo. Independentemente de como e onde você esteja, se você quer chegar aonde deseja e conquistar os resultados que almeja, precisará fazer diferente, com muita criatividade e sabedoria.

Calcinha Rosa-Choque – Qual o intuito das cartas que acompanham o livro?

Kel Boaretto: As cartas possuem afirmações, que têm por objetivo reprogramar as verdades negativas que aprendemos ou criamos para nós mesmas, a fim de as leitoras adquirirem atitudes empreendedoras e conquistem mais e melhores resultados. Comprovadamente todo resultado é fruto do que pensamos, por tanto pensamentos positivos, geram sentimentos positivos que nos levam a resultados positivos! E o contrário também é verdadeiro.

Calcinha Rosa-Choque – Você poderia contar um pouquinho como foi o Talk do Pré-Lançamento do livro “Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo”?

Kel Boaretto: Fizemos um primeiro Talk em Novembro com quatro das 20 sabedoras que estão comigo neste projeto, dentro do evento Imersão de Sabedoria. O objetivo foi compartilhar em primeira mão o projeto com nossa Comunidade, mas esperem que terão muito mais novidades por vir, é só ficar de olho no perfil da Sabedorama no Instagram.

Calcinha Rosa-Choque – Como foi o processo para escolher as 20 empreendedoras que participaram do livro?

Kel Boaretto: Foi delicioso, assim como está sendo cada etapa da construção do livro. Tudo é pensado com muito carinho e em cada detalhe é depositado amor e absoluto senso de responsabilidade. A cada livro vendido, um exemplar será doado para uma mulher empreendedora por necessidade. Nossa expectativa é até final de 2020 doar 1.250 exemplares! Por isso, todas as Sabedoras foram escolhidas a dedo e estão comprometidas a fazer do mundo um lugar melhor, através do conhecimento.

Calcinha Rosa-Choque – Como você se sente ao ajudar milhares de pessoas a desenvolverem habilidades para empreender?

Kel Boaretto: Sinto-me entusiasmada, esperançosa e 200% comprometida. Se uma leitora tiver sua vida transformada, por mim já valeu a pena.

Calcinha Rosa-Choque – Qual a importância das redes sociais quando se está empreendendo?

Kel Boaretto: Além de trazer novas formas de empreender, as redes sociais democratizaram a informação e ampliaram as oportunidades. Portanto, os empreendedores têm a possibilidade de se fazerem vistos e ganharem expansão.

Calcinha Rosa-Choque – Como se trabalha e/ou estimula a criatividade no empreendedorismo? Qual a importância da criatividade no empreendedorismo?

Kel Boaretto: A criatividade vem com o conhecimento. Por isso a importância de aumentar o repertório multidisciplinar, para que tenha cada vez mais e melhores ideias para seu negócio.

Calcinha Rosa-Choque – Como driblar o medo de dar errado ao empreender?

Kel Boaretto: Acredito que atitudes são transformadoras, tanto para o indivíduo, quanto para a sociedade. Por isso, na hora do medo de dar errado é preciso lembrar que empreendedores são proativos, resilientes e sabem que errar faz parte da jornada. Todos nós erramos, aprendemos, corrigimos e crescemos.

Umas das autoras convidadas para colaborar em Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo é a Mylene Tubero, do Poderosas de Batom. O blog Calcinha Rosa-Choque também a conversou com a influenciadora para saber sobre a participação dela no livro e, de bônus, ela deu dicas preciosa para quem sonha em ser digital influencer.

Calcinha Rosa-Choque – Como foi participar como autora colaborativa do livro “Do Jeito Que Está Não Vai Dar Certo”?

Mylene Tubero: Para mim foi uma incrível e agradável surpresa. Fico feliz em saber que a minha história estará circulando pelo Brasil inteiro, ajudando e encorajando muitas pessoas.

Calcinha Rosa-Choque – Como você se sente sabendo que sua participação no livro vai inspirar e ajudar milhares de pessoas?

Mylene Tubero: Eu me sinto orgulhosa e estimulada a continuar trabalhando para compartilhar ideias, experiências e conhecimento. Acredito que juntas somos mais fortes. Quando cada uma compartilha o que sabe, todas crescem e podemos constituir uma rede de comunicação forte.

Calcinha Rosa-Choque – Qual a importância das redes sociais para quem quer empreender hoje em dia ou para quem sonha em ser uma influenciadora?

Mylene Tubero: A palavra Influencer já está ligada a ser visível. Logo, a pessoa tem de estar conectada e ativa em todas as redes sociais. Para ser uma empreendedora dentro do mundo de Influencer, você precisa ter foco e paixão por aquilo que você faz e estar preparada física e emocionalmente para as batalhas que vai enfrentar. Esteja sempre pronta para negociar, tenha clareza em seus argumentos, monte um Plano de Ação bem estruturado para cada cliente em especifico. Faça o cliente desejar ter você como parceira.

Calcinha Rosa-Choque – Além de influenciadora, você tem experiência em capacitar outras influenciadoras. Quais dicas você costuma dar para quem sonha em trilhar esse caminho?

Mylene Tubero: A primeira dica, fundamental, é ser verdadeira. Eu sempre trilhei um caminho profissional no qual acredito. Faça sempre o melhor que puder mas tenha em mente, também, que você nunca vai agradar a 100% das pessoas. Para um Networking eficaz, é preciso: Fazer contatos; Ser participativa; Ser vista em locais de interesse da sua área de atuação; Demonstrar interesse e compartilhar ideias; Ser real e sincera; Ter humildade; Ser influenciadora e não vendedora; Ser criativa; e muito importante: Não desistir!

Calcinha Rosa-Choque – No blog Poderosas de Batom você conta um pouco da sua trajetória até se tornar uma influenciadora e empreendedora bem-sucedida. O que você diria agora para uma mulher que está enfrentando uma dificuldade e acha que não há luz no fim do túnel?

Mylene Tubero: Acredite em você! Busque a mulher poderosa que existe dentro de você. Busque ajuda na internet, faça cursos gratuitos, se encha de conhecimento e vá em frente que o mundo é seu! E jamais deixe de acreditar em você. Você é capaz de cair e levantar quantas vezes forem necessárias. Afinal, somos empoderadas e donas de nossa própria vida!

*****

Siga os perfis do blog Calcinha Rosa-Choque nas redes sociais:

Pinterest

Twitter

Facebook

Instagram

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s