Avon amplia portfólio de produtos para peles negras baseada em estudo sobre diversidade cromática da pele brasileira

Desde 2013, a Avon já investigou os tons de pele de seis países, dentre eles o Brasil. Com o resultado desse trabalho, a gigante de cosméticos identificou que o país precisava de mais opções de cores voltadas para a pele negra.

Baseado nessa informação, a empresa uniu a cientista Candice Deleo-Novack – chefe de desenvolvimento de produtos para olhos, rosto e design técnico de produtos Avon nos Estados Unidos – a maquiadora expert em beleza negra Daniele Da Mata para desenvolverem juntas uma paleta de cores inteligente e diversa que atendesse a necessidade das consumidoras da marca.

O desfecho foi o desenvolvimento de sete novas cores de base para todas as linhas de maquiagem da Avon, além de novos tons de pó compacto, corretivo e blush que atendem os tons de pele médio e escuro. Os novos tons chegarão ao mercado brasileiro com produtos que levam as cores da vida real para as fórmulas.

“Queremos ter certeza de que estamos cobrindo o maior número possível de mulheres com cada uma de nossas cores. Então, o que fizemos foi realmente incorporar essa mentalidade aos novos tons que selecionamos para abranger o maior número possível de mulheres. Também levamos em conta que, a cada bebê que nasce, surge também uma nova cor de base, pois cada cor de pele é única. Nós da Avon, como empresa de beleza, queremos ter certeza de que estamos conversando constante e consistentemente com as mulheres em todos os nossos mercados”, explicou a cientista Candice Deleo-Novack.

“A Candice veio dos Estados Unidos para o Brasil aberta a entender a diversidade cromática das peles negras brasileiras e, juntas, vimos pessoalmente como muitas das modelos selecionadas para os testes não encontravam bases ideais para suas peles. Foi daí que nasceu a ideia de criarmos tonalidades de pessoas e não tonalidades de bases. Isto é, criamos cores representando peles reais e quebramos a lógica das fórmulas padronizadas de proporções e pigmentos. Utilizamos pessoas reais, que antes eram invisibilizadas, como nossa grande inspiração e a Candice levou essa experiência para o laboratório”, disse a maquiadora Daniele Da Mata.

A modelo Jennifer Eneas, da agência Hutu Casting, usa a Base Compacta da Avon (Crédito: Divulgação)

O novo portfólio de maquiagem da Avon

Todas as informações coletadas no Brasil foram levadas para os laboratórios da Avon em Suffern. No Centro de Inovação da empresa, um time de cientistas, engenheiros e especialistas em beleza trabalhou para criar uma paleta de cores de maquiagem que atenda todos os tons de pele brasileiros.

Até o final de 2020, serão lançados 28 itens de maquiagem elaborados com as novas cores para pele preta e parda brasileira: 7 tons da base compacta e base líquida Power Stay (totalizando 12 tons exclusivos para pele negra), 10 tons de corretivo Power Stay, sendo 6 para pele preta, 2 tons de pó (compactos e refis) totalizando 4 para pele negra, 1 tons de blush totalizando 4 tons para pele negra, e 1 iluminador em Gotas Cobre.

Em 2021, já são previstos 25 itens com a nova gama de cores. Além disso, todos os produtos de pele ganharão novos nomes, excluindo referências alimentares. Cada item será sinalizado pelo tom e subtom em uma combinação de letras e números: o número se refere ao tom e a letra ao subtom: F (frio); N (neutro) e Q (quente).

Pesquisa Nacional: Como a mulher brasileira quer que seja a maquiagem

Para o lançamento e readequação do novo portfólio de maquiagem, a Avon ainda realizou – em parceria com a Grimpa – uma pesquisa inédita que ouviu mais de 1000 mulheres pretas e pardas, de 18 a 60 anos, de todas as classes sociais, de Norte a Sul do país, para traçar um cenário sobre a representatividade dessas consumidoras na indústria da beleza, especificadamente para base, pó e corretivo, produtos intimamente ligados ao tom de pele.

Os dados foram utilizados pela Avon para elaborar o planejamento e compreender quais eram as necessidades das consumidoras brasileiras. O principal insight mostrou que quase 70% das participantes não estavam totalmente satisfeitas com as opções de produtos destinados para o tom de pele delas. Os números inéditos ainda revelam que:

  • 46% disseram que o principal motivo de desistirem da compra de uma base, pó ou corretivo é não encontrar um tom compatível com o próprio tom de pele;
  • 57% disseram que compram ou já tiveram que comprar mais de um tom de base porque simplesmente não encontram um produto adequado ao próprio tom de pele, tendo assim que gastar mais para personalizar a maquiagem;
  • 20% das mulheres negras que participaram da pesquisa sabem identificar o próprio subtom;
  • 95% gostariam de saber mais sobre o subtom quando compram base, pó e corretivo;
  • Cerca de 70% gostariam que as vendedoras de maquiagem entendessem melhor a pele negra/parda.
A modelo Sol Luy Anaya, da agência Hutu Casting, usa base Power Stay, da Avon. (Crédito: Divulgação)
A modelo Stephanie Mauricio, da agência Hutu Casting, usa a Base Compacta da Avon (Crédito: Divulgação)

Transformação além do portfólio: Avon firma compromisso antirracista

A transformação da Avon não ficará restrito ao portfólio de maquiagem. A empresa está fomentando um grande movimento interno de lideranças negras que traz o compromisso de reparar injustiças históricas dentro da companhia, com metas importante, entra elas: o aumento da diversidade nos níveis de gestão, equidade de gênero com mulheres na liderança, acesso a salário digno individual a 100% dos funcionários, comunidades comerciais de biodiversidade e força de vendas.

Esse pacto antirracista e pela diversidade busca amplificar e dar continuidade às iniciativas que a empresa vem desenvolvendo principalmente nos últimos cinco anos: em 2015, a Avon iniciou proativamente o programa Rede Pela Diversidade e desde então vem ampliando ações nesse sentido, como o selo Pró-Equidade, a criação da Célula Raça, a adesão à Coalizão Empresarial pela Igualdade Racial, programa de desenvolvimento de profissionais negros e as metas de inserção deles nos processos de seleção realizados entre 2015 e 2020.

*****

Serviço:

Avon

*****

Gostou deste conteúdo? Então dá uma força ao blog Calcinha Rosa-Choque: compartilhe nossos posts com suas amigas ou siga nossos perfis nas redes sociais.

Pinterest

Twitter

Instagram

Facebook

Deixe uma resposta